AESabesp participa dos movimentos contra a MP 868

A AESabesp tem marcado presença e levado o seu posicionamento às  mobilizações contra a Medida Provisória 868, que indevidamente interfere na universalização do saneamento. As ações tem ocorrido em todo o País, com eventos de peso em São Paulo.

Na foto acima, a presidente da AESabesp, Viviana Borges, juntamente com as lideranças de entidades do setor discutiu , na sede do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo – SEESP, em 15 de maio, os pontos de inconstitucionalidade dessa Medida Provisória. O SEESP dispôs o seu departamento jurídico para atuar de forma conjunta com o Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo – Sintaema.

Em 13 de maio, também aconteceu uma grande mobilização encampada pela ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) com o apoio de entidades nacionais como a AESBE (Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento),  FNU (Federação Nacional dos Urbanitários) e FNSA (Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental) . Em São Paulo, o movimento reuniu cerca de mil participantes com a participação de entidades do setor, como a AESabesp , APU, Associação Sabesp, SEESP, Sintaema e  Sintius.

Durante o seu pronunciamento, no dia 13.05, a presidente da AESabesp Viviana Borges reforçou a importância da organização em prol da universalização dos serviços de saneamento pelo país e que a MP é um retrocesso ao que já está construído.

No mesmo dia, em artigo de sua autoria publicado na Revista Saneamento Ambiental, foi registrado o posicionamento da AESabesp. Confira:

Na platéia do grande evento do dia 13, também estavam em apoio à mobilização conta a MP os diretores Olavo Sachs (Cultural), Luciomar Werneck (Técnico) e Agostinho Geraldes (Comunicação e Marketing), além de conselheiros e  de vários associados.

A AESabesp ainda  marcará presença na próxima manifestação contra a MP: