O nivelado Curso de Transientes Hidráulicos na AESabesp

A AESabesp, por meio de sua Diretoria Cultural, liderada por Olavo Sachs, promoveu, entre 10 e 12 de junho  em sua sede, o curso de Transientes Hidráulicos, ministrado por um dos maiores especialistas nacionais nesta abordagem,  o eng. Francisco Eduardo Paschoarelli Veiga.  Atualmente, é instrutor da Empresa Saint Gobain e realiza serviços de consultoria para a Hydrostec , Wilo e  outras empresas de engenharia e construtoras . Atua também na América Latina, prestando consultoria para a empresa Norte Americana Blacoh.

Com um público nivelado, inclusive vindo de outras cidades e estados para concluir este aprendizado em São Paulo, o objetivo curso foi o de capacitar engenheiros no aprimoramento sobre transientes, para execução de serviços de qualidade e com extrema segurança para a sociedade.

Além de receberem certificado de participação, serviço de coffee break e contar com estacionamento gratuito no local, os presentes ainda participaram de um sorteio de três exemplares do livro “Manual Técnico para profissionais de Estação de Tratamento de Água e Distribuição“, de autoria do nosso diretor administrativo, Nizar Qbar, juntamente com Regina Mei Silveira Onofre e Jarbas Falleiros Malheiro. Na foto acima, o eng. Nizar entrega um exmplar para o prof. Veiga.

Na conclusão do Curso, o professor Veiga assegurou que esse temática é muito complexa e sua preocupação era passar seus conceitos e aplicabilidade, em linguagem objetiva,  a  um público heterogênio, cujo ponto em comum é a prática profissional no setor hidráulico. Para tanto, fêz uso de uma bancada de simulação de transiente com ou sem proteções, ativada ou desativada, para se comparar os efeitos hidráulicos associados aos  fenômeno ocorrentes. Na foto, ele está acompanhado pelo frabricante do equipamento importado  “Blacoh (Fluid Control)”,  eng. Cristian Rohde.

E parece que o instrutor conseguiu os seus objetivos, pois os participantes mostraram grande aprovação e perspectivas de aproveitamento:

O eng. Marcos Werka (Sanepar / Paraná) afirmou que os conceitos foram passados de forma bem prática e o conhecimento adquirido certamente irá incrementar sua prática profissional .

 

 

 

 

O técnico em gestão Welman Teixeira Rangel (Sabesp de Caraguatatuba) considerou que o assunto é bem específico e complexo, mas que o curso foi abrangente e facilitou o entendimento de sua aplicação.

 

 

 

 

O consultor e projetista técnico da Secretaria de Água e Esgoto da Prefeitura de Louveira-SP,  José Artur Mojola,  afirmou ter gostado muito do curso, sendo o professor um verdadeiro “expert” no assunto e parabenizou a AESabesp pelo grande evento técnico e cultural no setor de saneamento.

 

 

O empresário, consultor, professor e eng. Celso Figueiredo, da empresa Planema, em Campinas – SP,  considerou que o instrutor do curso é um dos poucos especialistas que tem um conhecimento tão profundo sobre transientes. Já o conhecia e aproveitou esta oportunidade para uma reciclagem, pois atua há 40 anos no setor de saneamento, inclusive já foi funcionário da Sabesp.